Lápis Mágico

O ouriço comilão

O ouriço comilão

O ouriço comilão

Havia um ouriço comilão que passava o dia na horta do Sr. Joaquim. Um dia, a sua neta Ana foi passar a tarde a casa do avô e foi com ele até ao quintal.

Apanhou flores, folhas e frutos até que encontrou o ouriço.

— Avô, avô! Anda cá ver este bichinho.

— Cuidado, Ana. Não ponhas a mão.

O avô já sabia que seria o Ouriço.

— Os ouriços picam quando se assustam. Tem cuidado! - continuou o avô a explicar.

— Ó avô, não te preocupas que ele esteja aqui a comer as plantas?

— Não, querida! Sabes porquê? É que os ouriços são amigos da agricultura pois eles comem os insetos e outros bicharocos que fazem mal às plantas. Os ouriços devem ser estimados e este comilão já é um amigo meu.

O avô Joaquim era um senhor amigo dos animais e por isso gostava do ouriço.

— Ah, não sabia disso. - exclamou a menina.

— Pois é, o ouriço é útil para o equilíbrio dos ambientes agrícolas por isso se este malandro estiver por cá até me ajuda.

A Ana ouvia com atenção o seu avô e deu um sorriso.

— Espero é que não traga a família toda. Ah Aha Aha!

E aquela tarde passou num instante. A Ana adorava ir para o quintal do avô pois aprendia sempre alguma coisa.

Ana Silva, 2020, Lápis Mágico


Queres saber mais sobre ouriços?

Os ouriços são mamíferos e os espinhos presentes no corpo desta espécie são apenas pelos modificados de maiores dimensões e de maior rigidez.

o seu habitat é diversificado, quer tenham origem natural, como é o caso de matos, florestas e pradarias quer tenham origem por ação humana como o pomares, vinhas, campos agrícolas, parques e jardins inclusive em zonas urbanas.

O período de gestação do ouriço-cacheiro dura cerca de 30 a 40 dias e as ninhadas têm habitualmente entre 1 e 9 crias. Pode ocorrer 2 vezes por época reprodutiva. É uma espécie poligâmica, podendo um macho acasalar com várias fêmeas e uma fêmea com vários machos, até mesmo durante a própria época de reprodução.

É um animal omnívoro, sendo a sua dieta constituída preferencialmente por: escaravelhos, formigas, abelhas, vespas e borboletas. Também se pode alimentar de outros insetos, pequenos roedores, ovos, serpentes e lagartos de pequenas dimensões. Quanto a matéria vegetal alimenta-se essencialmente de sementes, grãos e frutos.

Adira à nossa lista especial para receber conteúdos didáticos