Lápis Mágico

O papagaio

Uma breve história para ler em 3 minutos

O papagaio

Era uma vez um papagaio que vivia numa gaiola dourada, na casa de um casal já de uma certa idade.

Era um papagaio verde, com penas luzidias e muito bem tratado. Os donos adoravam o bichinho e falavam com ele todos os dias.

De tanto ouvir o velhote chamar pela esposa “Maria” facilmente decorou essa palavra e repetia-a a torto e a direito. Os velhotes riam-se quando o papagaio começava a palrar: Maria, Maria.

Um dia os seus donos saíram e o papagaio foi deixado na sala, a apanhar sol como tanto gostava.

A certa altura, alguém entrou pela janela do quarto começando de imediato a roubar objetos de valor. Era um assaltante.

O papagaio, ouvindo barulho, começou a gritar:” Maria! Maria!”. O ladrão, olhou para todos os lado e começou a ficar com medo. Pensou mesmo que estava alguém em casa e que o ía encontrar e chamar a polícia. Largou tudo, desatou a correr e fugiu, apanhando um valente susto.

Os velhotes chegaram a casa, à tardinha, sem imaginar como o papagaio os salvou de terem a casa assaltada.

Ana Ferreira, Lápis Mágico

Adira à nossa lista especial para receber conteúdos didáticos