Lápis Mágico

O Réu

Uma lengalenga antiga com uma versão em que se substitui a palavra “réu” por “béu”

O Réu

Réu, réu,
Vai ao céu,
Vai buscar
O meu chapéu.

Se está novo,
Traz-mo cá.
Se está velho,
Deixa-o lá.

Ouvem-se hoje em dia versões desta lengalenga substituindo a palavra “réu” por “béu”, talvez para suavizar a morbidade que está associada à rima, porque um réu para ir ao céu é porque foi julgado e condenado à morte.

Se virmos o contexto histórico em que eram criadas as lengalengas de antigamente, veremos que esta rima está cheia de ironia.

Adira à nossa lista especial para receber conteúdos didáticos