Lápis Mágico

Se tu visses o que eu vi

Há inúmeras rimas começadas com “Se tu visses o que eu vi”, pois são quadras fáceis de criar e cantarolar. O objetivo é sempre divertir e fazer rir, pela imagem absurda que evocam.

Se tu visses o que eu vi

Se tu visses o que eu vi
À vinda de Guimarães,
Um barbeiro de joelhos
A fazer a barba aos cães.


Se tu visses o que eu vi,
Havias de te admirar.
Uma cadela com pintos,
E uma galinha a ladrar.


Se tu visses o que eu vi
Havias de te admirar.
Uma cobra a tirar água,
E um cavalo a dançar.


Se tu visses o que eu vi,
Havias de te admirar.
Uma abelha a grunhir,
E um porco a voar.


Se tu visses o que eu vi,
Fugias como eu fugi,
Uma cobra a tirar água,
E outra a regar o jardim.


Se tu visses o que eu vi,
Este caso de assombrar,
Um macaco sem orelhas
A servir de militar.

Adira à nossa lista especial para receber conteúdos didáticos