“O meu coração é uma janela,
é um escorrega para eu deslizar.
Tanto pode estar fechado
como aberto de par em par.

O nosso coração não está sempre igual.
Quantas emoções nele cabem?”

Plano Nacional de Leitura

Ouve o conto:

Versão em inglês