Lápis Mágico

Provérbios sobre alimentação

Os provérbios são ditados populares ou adágios que transmitem conhecimentos comuns sobre a vida.

Provérbios sobre alimentação, mais de 50 para conhecer

o - A verdade é como o azeite, vem sempre ao cimo.

o - Não há carne sem osso, nem fruta sem caroço.

o - Pão mole, por si se engole, pão quente faz mal ao ventre.

o - Em Outubro, Novembro e Dezembro, quem come do mar, tem o que jejuar.

o - Quem semeia bom grão, terá bom pão.

o - Para uma boa refeição, é preciso comer pão

o - Cautelas e caldo de galinha, não fazem mal a ninguém…só à galinha.

o - Se não queres morrer cedo, livra-te do salgado e do azedo.

o - Peixe não puxa carroça.

o - A hora de comer é sempre a mais pequena.

o - Quem se deita sem ceia toda a noite esperneia.

o - Grão a grão enche a galinha o papo.

o - Pela boca morre o peixe.

o - De longe te trouxe um figo quando te vi comi-o.

o - À hora de comer sempre o diabo traz mais um.

o - A fome é boa cozinheira mas é má conselheira.

o - A fome espreita à porta de quem trabalha, mas não entra.

o - Água mole em pedra dura tanto dá até que fura.

o - Águas passadas não movem moinhos.

o -A galinha da minha vizinha é sempre melhor que a minha.

o - A laranja de manhã é ouro, à tarde é prata e à noite mata.

o - A mulher e a sardinha quer-se da mais pequenina.

o - A quem se fez mel as moscas o comem.

o - Boa árvore não dá bom fruto.

o - Capa e merenda nunca pesaram.

o - Deus dá as nozes a quem não tem dentes.

o - Guardado está o bocado para quem o há de comer.

o - Guarda de comer não guarde que fazer.

o - Juntou-se a fome com a vontade de comer.

o - Migalhas também são pão.

o - O pão que o diabo amassou.

o - Não sujes a água que hás de beber.

o - Nunca digas «desta água não beberei».

o - Quem comer a carne que roa o osso.

o - São mais a vozes que as nozes.

o - Sem ovos não se fazem omeletas.

o -Come para viver, não vivas para comer.

o -Tens mais olhos que barriga.

o -Merenda comida, companhia desfeita.

o -Saladas inteligentes, para pessoas diferentes.

o - Os homens pretendem-se pela barriga e os bois pelos cornos.

o - Refeição equilibrada, deve ser variada.

o - Comer vegetais, nunca é demais.

o -Bem comer é bem viver.

o -Pão de hoje, carne de ontem, e vinho do outro Verão, fazem um o Homem são.

o - Pela boca morre o peixe.

o - Todos os dias galinha, enfastia a cozinha.

o - Queijo de ovelha, leite de cabra e manteiga de vaca.

o - Quando o pobre come galinha, algum está doente.

o -Uvas, figos e melão são sustento de nutrição.

o - Quem quer sardinha assada, chega-lhe a brasa.

o - Galinha velha, dá bom caldo.

o -Uvas, pão e queijo são um beijo.

o - Quem dá o pão dá educação.

o -Em Abril ainda a velha queima o carro e o carril e dá a filha por pão a quem lha pedir.

o -Do prato à boca perde-se a sopa.

o -Quem não trabuca, não manduca.

o -A gulodice tem matado mais gente do que a espada.

o -De pequenino se torce o pepino.

o -O que não mata engorda.

o - A fruta proibida é a mais apetecida.

o -Para quem é bacalhau basta.

o - Na casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão.

o -Mata a sede à terra, que ela te mata a fome.

o - Ao pequeno-almoço, comer que nem um rei, almoçar que nem um príncipe e jantar que nem um pobre.


Compre os seus livros na loja online Wook.
JÁ FAZ PARTE DA LISTA?

Adira à nossa lista especial para receber conteúdos didáticos